Cláudio Venézia

Nasceu em Salvador, em 1969. Empresário na área de TI, por volta de 2005, Cláudio Venézia iniciou suas incursões no universo da fotografia de forma intuitiva e experimental. Ao encontrar realização pessoal nesta nova realidade, passou a pesquisar e evoluir em seus ensaios. Capturado pelo “equilíbrio oculto e silencioso nas coisas desse mundo”, tenta traduzi-lo através de suas lentes, oferecendo ao observador momentos de contemplação. Dotado de uma grande sensibilidade, deixa-se envolver pelas paisagens, pessoas, formas, cores e nuances, interagindo com a essência da estética. 

Leia mais ...

Flavia K

Flavia K. nasceu no interior da Bahia em 1975. Formou-se em Desenho Industrial pela Universidade Estadual da Bahia, e, autodidata, passou, gradativamente, a vivenciar a fotografia de modo que não houvesse objeto, cor, movimento ou formas naturais que passassem despercebidos ao seu olhar. Enquadrando o sentimento e pondo a alma, foi construindo um significado para captar a sua verdade em cada situação.  A arte sempre esteve presente em sua vida e, neste trilhar de muita dedicação, encontra-se numa busca que não se interrompe, onde está sempre a apreender e a criar para chegar na foto que ainda não fez.

Leia mais ...

Monique Allain

Artista, pesquisadora e educadora, mestre em Artes Visuais (FASM-SP), bacharel em Artes Plásticas (FAAP-SP), com Licenciatura em Ciências Físicas e Biológicas, e pós-graduação em Genética (USP-RP). Trabalhou com produção cultural na Casa das Rosas sob direção de José Roberto Aguilar. Desenvolveu e coordenou o projeto social-pedagógico Livro Aberto junto aos grafiteiros do Projeto Escola Aprendiz. Foi residente na Cité Internationale des Arts, em Paris (bolsista pela FAAP). Participou do The Maumaus Independent Study Programme Lisbon at the 29th São Paulo Biennial. Integra o Grupo de Pesquisa Arte & Meios Tecnológicos (CNPq/FASM) e o Grupo de Pesquisa em Processos de Criação (CNPq/PUCSP). Participou de exposições no Brasil e no exterior. Investiga as relações entre corpo, espaço e alteridade dentro de uma concepção social e biológica. Realiza instalações audiovisuais, ações coletivas e intervenções urbanas nas quais propõe situações de encontro e de troca com o espaço e com a alteridade. Utiliza meios variados, dentre eles a imagem digital e recursos eletrônicos.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS